Escolas

05 de maio: Dia Mundial da Língua Portuguesa

O português é o quinto idioma mais falado em todo o mundo e o predominante no hemisfério Sul. Conheça a importância de celebrar a data em sua homenagem

Você sabe dizer o que Brasil, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique têm em comum? Acertou quem pensou no idioma. Falada por aproximadamente 265 milhões de pessoas ao redor do mundo, a língua portuguesa tem até mesmo uma data de celebração internacional.

Em 05 de maio, é comemorado o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Segundo informações do Ministério do Turismo, a data foi instituída em 2009 pela CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, uma organização intergovernamental, parceira oficial da Unesco - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

A iniciativa teve o propósito de destacar a importância do quinto idioma mais falado no mundo todo, que também ocupa o terceiro lugar no hemisfério ocidental e é o mais falado no hemisfério Sul.

Reunir todos os povos que têm a língua portuguesa como um dos fundamentos da sua identidade, promover uma maior integração e fortalecer as culturas lusófonas também foram os intuitos da comunidade, quando decidiu proclamar este dia.

Mais do que ser uma das línguas mais difundidas em todos os continentes, o português possui uma ampla e forte extensão geográfica, cuja tendência é apenas aumentar. As Nações Unidas estimam que, até 2050, mais de 385 milhões de pessoas falem português ao redor do mundo. Os números impressionam, não é mesmo?

Por isso, é mais do que necessário compreender a importância desta data comemorativa. Para as Nações Unidas e para a Unesco, festejar o multilinguismo é uma forma poderosa para se estabelecer uma comunicação harmoniosa entre as sociedades, impulsionando a diversidade, a tolerância, o diálogo e, ainda, incentivando a compreensão internacional.

Colocar o Dia Internacional da Língua Portuguesa no calendário escolar pode ser uma ótima estratégia para debater com os alunos sobre as diferenças culturais e, ainda, despertar uma maior conscientização sobre a história, a origem e a própria utilização do português.

“Este dia mundial é um reconhecimento justo da relevância global da língua portuguesa. Estou seguro de que o seu futuro continuará a ser enriquecido pela diversidade e solidariedade de todas as suas vozes”, disse António Guterres, Secretário Geral das Nações Unidas, no Dia Mundial da Língua Portuguesa, em 2021.

Saiba quais países falam a língua portuguesa   

Confira a lista dos nove países que falam português:     

• Brasil (América do Sul)

• Angola (África)

• Cabo Verde (África)

• Guiné-Bissau (África)

• Guiné Equatorial (África)

• Moçambique (África)

• São Tomé e Príncipe (África)

• Timor-Leste (Ásia)

• Portugal (Europa)

Curiosidade sobre os países que têm português como idioma oficial

Segundo os estudiosos em história, todos os países que têm a língua portuguesa como idioma oficial foram colonizados por Portugal. Sendo assim, são nações que receberam influência da cultura e dos costumes portugueses.

Mas, como você já deve ter reparado, existe uma variação do português em cada localidade, certo? Um exemplo clássico é o português falado no Brasil, que é diferente do português de Portugal.

Isso é resultado do encontro dos portugueses, com os povos nativos de cada país e os imigrantes que moram em cada uma dessas nações. Toda essa mistura é muito rica e diversa!

O Museu da Língua Portuguesa, localizado no centro de São Paulo (SP), possui um vasto programa cultural, e é um dos prédios mais representativos da cidade

Programação no Museu da Língua Portuguesa

Para celebrar a data, o Museu da Língua Portuguesa, localizado em São Paulo (SP), vai promover uma série de atividades presenciais e gratuitas.

Entre os dias 6 e 7 de maio de 2022, estão previstos shows, apresentações, performances, mesas de debate, lançamentos de livros e leituras de obras literárias.

A distribuição dos ingressos ocorre na bilheteria do Saguão B, sempre a partir das 12h de cada data. Vale lembrar que é obrigatória a apresentação do Passaporte da Vacina antes de entrar no Museu.

A regra vale para todos aqueles que são elegíveis para tomar a vacina contra a Covid-19. Ou seja, pessoas a partir de 5 anos devem apresentar a comprovação de, ao menos, duas doses ou dose única do imunizante. 

Segundo a informação divulgada pelo próprio Museu, as mesas – ocasiões em que serão realizados debates - terão transmissão ao vivo pelo YouTube e Facebook do Museu da Língua Portuguesa, com interpretação em Libras.      

 

Confira a programação completa, que também está disponível no site oficial do Museu da Língua Portuguesa:

5 de maio (quinta-feira)

• 10h30 

Aula aberta de língua brasileira, com o escritor Caetano Galindo para alunos da EMEF Infante Dom Henrique. O evento ocorre na Praça da Língua, e é fechado para estudantes da escola.

• 16h

Mesa: A origem da fala e os mitos de criação, com Jera Guarani e Daiara Tukano, na Praça da Língua.

• 17h30

Mesa: Camões com Dendê, com a escritora Yeda Pessoa de Castro e o escritor Caetano Galindo, no auditório.

• 18h30

Lançamento do livro “Camões com Dendê”, de Yeda Pessoa de Castro, no Terraço.

• 20h

Show: “Padê”, com Juçara Marçal e Kiko Dinucci, na Praça da Língua.

6 de maio (sexta-feira)

• 12h

Performance:– Zion Gate Sound System e Batalha do Santa Cruz – Ritmo e Poesia na Gare da Luz, no Saguão Central da CPTM.

• 14h

Mesa: Experimentos com Linguagem, com o filósofo Juliano Pessanha e a escritora Veronica Stigger, no Auditório.

• 17h 

Mesa: A ideia de nação, com Ailton Krenak, na Praça da Língua.

• 19h 

Show: Lia de Itamaracá, participação especial de DJ Dolores, na Praça da Língua.

7 de maio (sábado)

• 11h

Abertura da instalação “O Conto da Ilha Desconhecida”, com a companhia Pia Fraus, no Saguão B.

• 12h

Show: Orquestra Mundana Refugi, no Saguão Central da CPTM.

• 14h

Mesa: Línguas Portuguesas, com a jornalista Pilar del Río e o escritor Milton Hatoum, no auditório.

• 17h

Mesa: Glotocídio e Incêndios, com a jornalista Eliane Brum e o líder indígena André Baniwa. Mediação da jornalista Maria Fernanda Ribeiro, no Auditório.

• 19h

Show: Cenas e músicas da peça “Língua Brasileira”, com Ultralíricos, na Praça da Língua.

This is some text inside of a div block.

Receba nossa newsletter

Obrigado! Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Ops! Algum erro ocorreu ao cadastrar o seu e-mail.