Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência.
Para saber mais, consulte a nossa Política de cookies.

Fechar

Está curtindo o conteúdo?

O Boletim isaac entrega semanalmente, na sua caixa de entrada, mais materiais como esse.
Inscreva-se aquiNão quero me inscrever.
Pedagógico

Quem poderá salvar a qualidade da nossa Educação?

O professor é, comprovadamente, o fator de maior impacto no desempenho do aluno. Sem os recursos necessários, porém, ele perde esse superpoder

Publicado em
7/11/2022
💡 Dica: se a palavra estiver azul, ela é clicável e te leva ao link com mais detalhes!

Por SOS Educação

O processo ensino-aprendizagem é impactado por diversos fatores, o que torna o papel da escola altamente desafiador. Um estudo organizado por um grupo de pesquisadores especialistas na área da Educação chegou a uma conclusão sobre qual o tamanho do impacto que diferentes fatores têm no desempenho escolar de um estudante.

Como é fácil de imaginar, o professor está no topo do ranking, exercendo o maior impacto no processo de aprendizagem e no desempenho do aluno.

A novidade, contudo, está na descoberta sobre como o professor pode exercer essa influência de forma positiva para o aprendizado e para a formação sistêmica do estudante, sem que isso se torne uma missão impossível diante dos desafios que a Educação apresenta. 

Características de personalidade, como ser desinibido, por exemplo, ou de tempo de carreira e propósito de vida não estão presentes no resultado da pesquisa. Assim como o conhecimento do conteúdo e de estratégias de ensino, isoladamente, não são pontos capazes de tornar o impacto do professor grande o suficiente para refletir no desempenho do aluno. 

O que faria então a diferença para que um professor possa ser chamado de expert, forma como a pesquisa denominou os professores capazes de levar os alunos ao desenvolvimento do potencial máximo? 

A maneira como o professor organiza e usa os conhecimentos que tem muda tudo, principalmente no envolvimento e aprendizagem do aluno. 

Ser capaz de integrar informações, combinar assuntos do momento com os conteúdos curriculares, relacionar a matéria em questão com outras áreas e com o dia a dia dos alunos, e sentir-se pertencente à aula que está sendo dada, fazendo ajustes, tirando ou acrescentando o que for necessário conforme necessidades e objetivos específicos de diferentes alunos… Isso sim muda o resultado para melhor! 

Além disso, a pesquisa mostrou que um professores “experts” apresentam as seguintes características:

• Adotam uma visão de trabalho voltada à resolução de problemas. Essa postura pressupõe maior flexibilidade durante as aulas e nas interações com os alunos. 

• São capazes de se antecipar a problemas e se preparar para enfrentá-los antes que reflitam no desempenho do aluno ou da escola. Ao invés de usar a tentativa e erro como opção, em casos de situações complexas, eles estudam cuidadosamente o cenário antes de partir para a ação. Na sequência, monitoram as consequências, fazem uso de feedback constante com seus pares e com os estudantes.

• Conseguem criar um clima propício ao aprendizado dentro da sala de aula e nos diferentes ambientes de aprendizagem proporcionados pela escola e recursos tecnológicos disponíveis.

• Demonstram respeito pelos alunos, levando em consideração os desafios que cada qual enfrenta nos relacionamentos sociais e no processo de aprendizagem. Além disso, consideram o contexto familiar e a rotina diária em que o aluno está inserido, seja qual for a sua classe social. Toda situação de rebeldia, falta de interesse, relacionamento conturbado com colegas ou membros da equipe escolar é vista como sintoma de algo que precisa ser investigado. Antes de tudo, o professor expert vê nos problemas de comportamento um pedido de socorro. 

Todos esses fatores são consequência de um processo de formação adequado e contínuo. Eles dependem de habilidades e competências que são desenvolvidas a partir da intencionalidade e foco na graduação. 

Mais do que isso, eles são o resultado de investimento ininterrupto, acompanhamento, feedback e olhar sistêmico para um profissional que é, antes de tudo, um ser humano que precisa e merece sentir-se reconhecido e valorizado.

A pesquisa também mostrou que professores experts impactam de forma mais positiva o desempenho dos alunos do que um professor experiente. 

E que um professor experiente e expert se torna a mola propulsora da transformação com que tanto sonhamos na Educação. Impulsionando essa que se traduz também em números. Índices que levam um país a melhores colocações não somente no Pisa, como também em qualidade de vida, segurança e indicadores de felicidade da população.

A pergunta que fica, diante de resultados tão consistentes e cientificamente comprovados sobre a importância do professor: o que mais precisamos esperar para valorizar esses nossos mestres na proporção da diferença que fazem na vida de nossas crianças?

Se na sua resposta aparecerem questões relacionadas ao desafio da previsibilidade financeira ou falta de tempo, é agora o momento de resolver esses pontos. O isaac é o parceiro que vai ajudar sua escola a vencer esses desafios.

Que todos os seus professores possam trocar o sentimento de frustração e peso enorme que a pandemia deixou pelo orgulho de se reconhecerem como experts que impactam de forma positiva o desempenho dos alunos. 

E que o reconhecimento pelo trabalho desses profissionais seja um ponto de virada aí dentro da sua escola. O aluno no centro do processo de aprendizagem só vai ser real e gerar resultado quando o professor estiver no centro das prioridades de investimento e valorização profissional!

O que você achou desse conteúdo?
Mensalidades em dia, o ano todo, sem dor de cabeça
Quero o isaac na minha escola
Gostou do conteúdo? Compartilhe: