Escolas

Comunicação escolar em tempos de isolamento social

Confira orientações práticas e fundamentais para implementar uma comunicação eficiente em tempos de pandemia


Após completar mais de um ano da data que marcou o início da pandemia do novo coronavírus no Brasil (26/02/2020), os reflexos ainda seguem impactando fortemente o setor da educação no país.

Uma pesquisa intitulada Megatendências – As Escolas Brasileiras no Contexto do Coronavírus, encomendada pelo grupo União pelas Escolas Particulares de Pequeno e Médio Porte, mostrou que de 30% a 50% das escolas privadas menores do Brasil estão sob risco de falência por causa de cancelamentos de matrícula, atraso e inadimplência das mensalidades durante esse período em que permanecem fechadas.


Além da preocupação com a saúde financeira das instituições de ensino, os prejuízos causados aos alunos também é um ponto que merece atenção. De acordo com o monitoramento da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a pandemia do coronavírus já impactou 80% da população estudantil do mundo – mais de 150 países fecharam suas escolas por tempo indeterminado.


Tendo em vista todo esse cenário e números, os mantenedores e gestores escolares precisaram se adaptar de maneira urgente a um novo modelo de gestão, o que inclui transformações na comunicação com colaboradores, alunos e responsáveis.


Dessa forma, elaboramos este artigo para oferecer um conteúdo enriquecedor e relevante sobre o tema, trazendo orientações para implementar uma comunicação eficiente em tempos de crise e isolamento social, mantendo assim toda a comunidade alinhada e engajada com a escola.


Continue lendo a seguir!


Comunicação eficaz entre escola e famílias em tempos de pandemia

A comunicação entre famílias e escola sempre foi um fator de extrema importância e se tornou ainda mais imprescindível nesse momento de pandemia e isolamento social.

Afinal, a instituição de ensino deve ser enxergada como um elo e fonte de apoio para a promoção dos saberes na formação das crianças e adolescentes fora e dentro do ambiente escolar.


Os responsáveis precisam encontrar em toda a equipe da escola um suporte para entender como contribuem para a formação de seus filhos, recebendo informações que auxiliem em seu bem-estar e desenvolvimento.


Além disso, esse é um momento de dificuldades econômicas e sociais, e tudo isso contribui para uma preocupação generalizada nas famílias. Torna-se fundamental que as escolas transmitam tranquilidade às famílias e alunos e, para isso, a comunicação é essencial.


Portanto, uma comunicação estratégica e eficiente pode fortalecer os vínculos entre escolas, famílias e alunos. É importante transformar os desafios em aprendizados e fortalecimento das relações, criando parcerias efetivas que gerem frutos no futuro. Porém, para chegar a esse resultado, é preciso ir além do envio de notificações e comunicados.


Resumindo: manter a comunicação de maneira estratégica e eficiente nunca foi tão essencial! Atualize e alimente sempre seus canais de comunicação como redes sociais, aplicativos especializados e blogs da escola.

Com isso, familiares podem encontrar melhores soluções para o planejamento da rotina de estudos, sentem-se apoiados na hora em que dificuldades emocionais apareçam e possuem ajuda extra para conduzir atividades propostas pelo corpo docente.


A comunicação e o ensino remoto

A comunicação e o desenvolvimento do ensino remoto também têm uma forte relação e devem andar lado a lado, sabia?


Para que o ensino remoto emergencial funcione de forma eficaz, existem diversas medidas que a instituição precisa adotar. Confira três das principais:

  • Engajamento dos professores para passar mais segurança às famílias, nos contextos emocional, comportamental e social, já que os responsáveis também nunca tinham auxiliado e acompanhado seus filhos nesse modelo de ensino;
  • Planejamento e organização do gestor escolar com toda a equipe para realizar o trabalho remoto da melhor forma possível;
  • Transmissão do valor da escola para a comunidade, pois as famílias estão percebendo cada vez mais o papel escolar na vida dos seus filhos que estão em casa em tempo integral.


Vale destacar que esse momento já trouxe mudanças e vai seguir impactando o futuro do setor educacional, uma vez que as instituições passam a se adequar e inovar para suprir as necessidades do novo normal, que transforma o contexto    escolar. E para passar segurança aos responsáveis, a comunicação é um fator primordial.


Dicas práticas para fortalecer a comunicação com as famílias no cenário de pandemia

Já está mais evidente que o mundo mudou e a educação precisa acompanhar esse movimento. Surgem necessidades diferentes e o antigo modelo de negócio tem ficado cada vez mais obsoleto.

Dessa forma, a gestão escolar e as práticas pedagógicas precisam ser repensadas e adaptadas para atender à nova realidade.


Instituições que desejam se manter em destaque e em constante crescimento no mercado precisam comunicar muito bem sobre todo o funcionamento do sistema híbrido/remoto, além de mostrar empatia e estar cada vez mais próxima, mesmo que longe fisicamente, dos responsáveis e estudantes. A principal meta é humanizar esse relacionamento a distância, transmitindo mensagens relevantes e frequentes nos canais certos de comunicação.


Para que você, mantenedor e gestor escolar, consiga implementar uma comunicação assertiva em sua escola, preparamos as dicas abaixo. Confira!


1. Defina o principal canal de comunicação com os responsáveis

Avalie e defina qual será o principal canal de comunicação entre a escola, alunos e responsáveis. É através desse meio oficial que todos os comunicados devem ser realizados, para evitar o compartilhamento de fake news e informações que não foram validadas e checadas pela equipe de gestão.


Com as mudanças na educação, em decorrência da pandemia da Covid-19, a necessidade de uma comunicação ainda mais clara e efetiva se tornou urgente. Nesse sentido, aplicativos de comunicação especializados, como o ClassApp, tornaram-se indispensáveis para as escolas que desejam manter um bom - e efetivo - relacionamento com as famílias. Confira aqui três motivos pelos quais as escolas que já usam essa ferramenta consideram o app um grande aliado.

Quando fizer essa definição, não se esqueça de comunicar a todos sobre isso, para que saibam onde buscar notícias verídicas sobre assuntos relacionados à instituição.


2. Baseie-se em fontes confiáveis de informação

Os mantenedores e gestores escolares precisam ficar constantemente atentos às notícias sobre o setor de educação, para informarem toda a comunidade escolar sobre a volta às aulas, quais são as medidas necessárias para funcionamento da escola, decisões e decretos do Governo e Prefeitura de cada cidade, entre outras questões importantes na pandemia.

Sendo assim, é fundamental se basear em boletins de órgãos oficiais ou sites respeitados e renomados. Revise e confirme com cautela cada comunicado antes de enviar aos responsáveis, para que não haja turbulências e ruídos na comunicação.


3. Comunique-se com frequência

Como já mencionamos acima neste material, a comunicação é essencial para fortalecer os vínculos entre a escola e as famílias. Dessa maneira, é fundamental que os canais sejam abastecidos frequentemente, fornecendo informações e esclarecendo dúvidas o mais rápido e eficaz possível.

Para isso, busque manter uma rotina diária de comunicação com os responsáveis e alunos, indo além das demandas pedagógicas, e coloque-se sempre à disposição para ajudar em todos os momentos.


4. Personalize a comunicação

É recomendado monitorar as principais dúvidas e anseios da comunidade escolar para compreender sobre o que é necessário comunicar. Assim, você consegue mostrar que está atento e que se preocupa em fazer uma comunicação direcionada e personalizada. Para auxiliar, vale uma rápida pesquisa via enquete ou formulário online para ajudar na definição de temas prioritários.


Em dúvida sobre como realizar uma pesquisa de satisfação ou o que perguntar aos responsáveis? Clique aqui para conferir algumas dicas práticas.


5. Realize uma comunicação empática e humanizada

De nada adianta prestar atenção e seguir todos os itens acima, mas não ter uma comunicação que demonstre empatia e humanização com o público.

Nesse cenário de pandemia, em que grande parte da população está com o emocional abalado e com a vida cheia de inseguranças, a escola deve ter o papel de passar segurança e entender o contexto de cada família, buscando oferecer apoio e as melhores soluções para os estudantes e seus responsáveis.


Em resumo, pode-se concluir que se a comunicação já era um fator indispensável para instituições de ensino de sucesso, agora ela se tornou ainda mais fundamental.

Porém, é válido ressaltar que a forma de se comunicar deve ser estudada e planejada, para que os alunos e responsáveis se sintam realmente acolhidos e compreendidos.


Com a necessidade de todo esse planejamento, fora os demais “incêndios” que o gestor escolar precisa apagar diariamente, o dia a dia torna-se cada vez mais corrido e turbulento, gerando estresse e dor de cabeça, não é mesmo?


Para que você, mantenedor e gestor, possa ter mais tempo de qualidade para focar em educar e atender a comunidade escolar, isaac chegou para tornar a gestão da sua instituição de ensino de um jeito incrivelmente simples. Proporcionamos um atendimento rápido, humanizado e personalizado para as famílias, além de garantir sua receita mensal. Parece um sonho, mas é realidade.


Sua escola também merece fazer parte da Gestão Escolar do Futuro!

This is some text inside of a div block.

Receba nossa newsletter

Obrigado! Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Ops! Algum erro ocorreu ao cadastrar o seu e-mail.