Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência.
Para saber mais, consulte a nossa Política de cookies.

Fechar
Escolas

Formas criativas para organizar a festa junina na escola

Veja como sua escola pode se preparar para a festa junina. Além da comemoração, a temática também pode ser trabalhada em sala de aula com os alunos

Basta chegar o mês de junho para a animação tomar conta das escolas! A decoração com bandeirinhas, balões e fogueiras se espalham pelos corredores e as paredes, assim com a alegria das crianças ensaiando as quadrilhas ocupam os pátios.

E toda essa euforia tem uma excelente explicação: a festa junina! A comemoração popular que ocorre em todo Brasil nesta época do ano, é uma das principais atividades do calendário das instituições de ensino público e privado do país.

Uma data toda especial, e querida pela maioria, merece um festejo encantador, que seja capaz de engajar famílias, alunos e professores. Inclusive, vale lembrar que a temática deve ganhar destaque também nas salas de aula.

Foi pensando em todos esses pontos que preparamos um conteúdo incrível, com dicas valiosas e criativas sobre como preparar a festa junina na escola. Confira!

 

Festa junina presencial na escola pode ser cultural

Junho é bastante especial para o calendário escolar. Afinal, o mês já começa com a Semana Nacional do Meio Ambiente. Aqui você confere um conteúdo completo para comemorar essa data na instituição de ensino

E, então, começam as preparações para os festejos juninos! Em 2022, a celebração terá um gostinho especial para muitos alunos, famílias e educadores. Afinal, após dois anos de pandemia da Covid-19, o evento será comemorado presencialmente em diversas escolas.

Não há como negar que a expectativa por esse momento é grande, tanto pelas próprias instituições de ensino quanto pelos responsáveis pelos alunos.

Por isso mesmo, pode ser uma boa oportunidade para trabalhar o tema de uma maneira diferenciada, minimizando os estereótipos da data e trabalhando os elementos culturais de cada região.

A comemoração das festas juninas tem origem na igreja católica, que durante este período celebra os santos São João, Santo Antônio e São Pedro. Então, já deu para imaginar que, talvez, o primeiro desafio seja pensar na festividade sem privilegiar uma religião, certo?

Apesar de ser muito tradicional, fantasiar as crianças de caipira pode não ser uma boa ideia, já que é uma maneira não muito respeitosa de se referir ao trabalhador do campo.

Então, você deve estar se perguntando, como pode organizar a festa junina na sua escola, não é mesmo? A resposta está na cultura popular brasileira!

Realizar uma festividade que reúna elementos e tradições diversas do Brasil pode surpreender as famílias. Além disso, certamente ainda será mais rico do ponto de vista pedagógico.

As músicas e danças típicas de cada estado durante esta época do ano podem ganhar os palcos das apresentações da sua instituição de ensino e fazer muito sucesso na comunidade escolar.

E se a festa presencial não for opção?

Isso não significa que não vai ter muito balancê e diversão! Se a opção, seja por protocolos municipais ou até mesmo por precaução, for realizar um delicioso arraial on-line, certamente também será especial para todos os envolvidos com a proposta.

Inclusive, acesse aqui para saber como organizar a festa junina da escola na pandemia.

As aulas de artes podem incentivar os alunos a prepararem a decoração da festa junina para usar em casa, explicando o motivo de cada item ser usado na festividade.

Uma aula de culinária, mostrando alguns pratos típicos preparados durante o mês de junho, também deixam a comemoração ainda mais interessante. 

Fornecer a receita para que as crianças preparem alguma refeição em casa com as famílias também é uma boa opção. Afinal, quem é que não gosta de uma boa pipoca, milho cozido, curau e tantas outras comidas deliciosas que são super tradicionais nessa festa, e que são fáceis de serem preparadas. 

E, para realmente comemorar a festa junina, a escola pode se preparar para enviar um link, em que os alunos possam entrar para dançarem juntos e se divertirem com as brincadeiras mesmo que à distância.

Uma alternativa, que já foi utilizada em 2021 por algumas instituições de ensino, é promover uma festa junina híbrida.

Nesse caso, o evento é realizado presencialmente na escola, mas apenas para os alunos e professores, que aproveitam para participar de danças e brincadeiras. Enquanto isso, a comunidade escolar pode prestigiar a comemoração no ambiente virtual.

 

Como engajar os alunos com a festa junina?

A festa junina é uma oportunidade para a escola desenvolver algum projeto interdisciplinar, que traga diversos benefícios aos alunos, já que contribui para desenvolver a autonomia, o pensamento crítico e a habilidade para realizar pesquisas. 

Como você já sabe, o educador de artes pode explorar toda a decoração dessa festividade, enquanto a gastronomia pode ser aprofundada na aula de culinária, por exemplo.

Os professores de língua portuguesa, história e geografia podem se debruçar com os estudantes na cultura popular brasileira. Colocar as crianças e adolescentes no centro do processo de aprendizado, ouvindo as curiosidades que eles têm e o que gostariam de estudar sobre este assunto, pode ser um primeiro passo! 

E, é claro que não poderia faltar, a aula de educação física, que fica responsável pelos ensaios. Uma mãozinha do professor de arte sempre será bem-vinda, até mesmo para pensar no figurino e para sair do senso comum das vestimentas de caipira.

Vale, também, pontuar em sala de aula a origem da festa junina, já que é a segunda maior festa popular brasileira, ficando atrás apenas do Carnaval. E você pode se aprofundar sobre essa outra comemoração brasileira neste artigo que dá dicas de como comemorar o carnaval nas escolas.

Mensalidades em dia, o ano todo, sem dor de cabeça
Quero o isaac na minha escola
Luiza

Receba nossa newsletter

Obrigado! Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Ops! Algum erro ocorreu ao cadastrar o seu e-mail.