Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência.
Para saber mais, consulte a nossa Política de cookies.

Fechar

Está curtindo o conteúdo?

O Boletim isaac entrega semanalmente, na sua caixa de entrada, mais materiais como esse.
Inscreva-se aquiNão quero me inscrever.
Finanças

Inadimplência zero e contas escolares em dia com o isaac

Reduzir a inadimplência e equilibrar as contas escolares pode ser simples. Veja como o isaac pode impulsionar a gestão financeira da sua escola

Publicado em
4/11/2022
08 min
💡 Dica: se a palavra estiver azul, ela é clicável e te leva ao link com mais detalhes!

A gestão escolar é, por natureza, um trabalho bastante complexo. Ainda que a principal proposta de valor de uma instituição de ensino seja a Educação de qualidade, no dia a dia as questões pedagógicas acabam disputando espaço com a gestão de pessoas, de tempo, do ambiente de trabalho e principalmente, com a gestão financeira da escola.

Apesar de ser um fator determinante para que as diferentes “engrenagens” da IE rodem na mais perfeita harmonia, administrar as finanças é justamente o ponto mais sensível para os gestores. Ainda que os contratos estabeleçam regras para o pagamento e prevejam valores adicionais em casos de atraso, existe um componente imprevisível da inadimplência que afeta fortemente o fluxo de caixa das instituições.

Em agosto de 2022, a CNC - Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo calculou que 30% das famílias brasileiras tinham alguma dívida em atraso - o maior percentual desde 2010, quando a CNC começou a fazer essa conta. Mas mesmo em tempos de inadimplência recorde, as despesas das instituições de ensino continuam as mesmas. 

Contas de consumo, salários de professores e funcionários, demandas emergenciais… Gerenciar tudo isso sem previsibilidade de receitas torna a vida dos gestores ainda mais difícil. 

Para além do fluxo de caixa, a inadimplência afeta também a capacidade de investimento da escola, que não consegue priorizar a modernização de seus equipamentos nem a melhoria da sua infraestrutura. 

Com o tempo, esses detalhes podem aumentar a evasão escolar de quem paga em dia e espera um retorno à altura, além de prejudicar a captação e retenção de alunos, que podem acabar optando por outra escola que entregue uma melhor relação custo-benefício.

Como manter o fluxo de caixa da escola?

Algumas estratégias podem ajudar a reduzir o endividamento das famílias e, assim, manter ou até melhorar o fluxo de caixa da escola. Primeiro, é preciso entender se a dificuldade de pagamento é momentânea ou recorrente e, então, convidar os pais ou responsáveis para uma conversa e entender a principal razão da inadimplência com a escola. Houve algum impacto negativo nos rendimentos? A mensalidade realmente cabe no orçamento da família? O que os ajudaria a quitar as mensalidades em dia?

A partir dessa conversa, é possível oferecer algumas soluções - que variam de acordo com a saúde financeira de cada escola. 

No caso de uma inadimplência pontual, oferecer uma negociação que dilua os débitos em aberto ao longo de vários meses, seja no cartão de crédito ou no próprio boleto da escola, pode resolver. Se os atrasos são mais recorrentes, mas o aluno vai bem, oferecer uma bolsa de estudos que ajude a encaixar a mensalidade no orçamento da família também é uma boa ideia. Que tal?

O cuidado com o fluxo de caixa das escolas passa também pelos bons pagadores. A instituição pode criar programas de bonificação que premiam quem paga em dia com descontos na rematrícula ou na compra de materiais escolares, por exemplo. 

Além de reconhecer os adimplentes, fortalecendo a relação com eles, esses programas também funcionam como um incentivo a mais para que toda a comunidade esteja em dia com a escola. 

Independente da situação, o importante é desempenhar uma escuta ativa e ter empatia com os pais ou responsáveis, afinal, a ideia é sempre fortalecer a relação entre a escola e a família, e nunca o contrário. 

Ainda que seja uma tarefa trabalhosa, ela é fundamental para reduzir o endividamento escolar. A boa notícia é que é possível alcançar esse equilíbrio sem necessariamente investir em grandes equipes dedicadas à cobrança.

isaac: o parceiro que impulsiona a saúde financeira da sua escola

Ainda que necessário, negociar com pais inadimplentes com carinho e empatia pode, muitas vezes, consumir uma enorme quantidade de tempo e energia que nem sempre as escolas têm disponível. Por isso, deixar essas atividades na mão de parceiros de soluções financeiras como o isaac dá um impulso na gestão financeira da escola.

Ao se tornar uma parceira do isaac, sua escola não precisa mais se preocupar com cobranças e inadimplência. Todo mês, o isaac garante um repasse baseado no seu potencial de receita, garantindo o fluxo de caixa mesmo quando as mensalidades não são pagas em dia - e quando isso acontece, negociamos com os pais de maneira delicada e individualizada. E assim, o seu time pode focar na missão de educar.

Mesmo com o isaac auxiliando com questões burocráticas, da emissão de boletos às negociações e conciliações bancárias, você continua no controle: todas as transações e históricos estão sempre disponíveis na plataforma isaac de forma rápida e fácil - inclusive para os pais, que valorizam bastante o uso da tecnologia para descomplicar o dia a dia deles.

Quer saber mais? Entre em contato com o nosso Time de Apoio e dá uma olhada nas informações disponíveis em nosso site.

O que você achou desse conteúdo?
Mensalidades em dia, o ano todo, sem dor de cabeça
Quero o isaac na minha escola
Gostou do conteúdo? Compartilhe: