Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência.
Para saber mais, consulte a nossa Política de cookies.

Fechar
Escolas

A importância da gestão de pessoas na escola

Responsável pela contratação, retenção de talentos e por formar uma equipe engajada, a gestão de pessoas tem papel estratégico dentro da instituição de ensino

Encontrar profissionais qualificados, reter talentos, auxiliar no desenvolvimento das habilidades dos colaboradores e estar atento às demandas da equipe.

Esses são alguns dos pontos relevantes, e desafiadores, que envolvem a gestão de pessoas na escola, um processo que busca melhorar o desempenho dos funcionários.

E se em um passado, infelizmente, não muito distante, os modelos de gerenciamento seguiam uma linha mais tradicional ou hierárquica, em que existiam regras que deveriam apenas ser seguidas sem questionamentos, agora cresce cada vez mais a valorização das pessoas dentro do universo educacional.

Afinal, o bem mais precioso de uma escola é justamente seu capital humano, ou seja, as qualidades adquiridas por um colaborador durante sua vivência profissional na instituição de ensino.

E esse deve ser o ponto máximo de atenção dos diretores e mantenedores escolares: focar no desenvolvimento das habilidades dos educadores, proporcionando um ambiente motivador e que gere engajamento.

Uma equipe realizada e valorizada impacta muito mais nas metas e objetivos da instituição de ensino. Quando todos atuam em prol de algo maior, que é a educação, maiores são as chances de a escola crescer, se destacar na concorrência e agradar cada vez mais as famílias.

Para saber como implementar a gestão de pessoas na escola, confira esse artigo.

A gestão de pessoas nas escolas

Mas, afinal, o que é gestão de pessoas na escola? Já deu para perceber que esse processo vai muito além de recrutar e reter talentos, certo?

 Essa prática deve sempre ter o objetivo de impulsionar as habilidades dos colaboradores, possibilitando o melhor desempenho de cada pessoa que atua na instituição.

Isso significa que é preciso que os gestores estejam preparados e disponíveis para orientar, instruir, alinhar pontos relacionados às necessidades das escolas e às demandas das famílias, e qualificar os educadores.

A gente sabe que, falando assim, até parece ser fácil, né? Mas fique tranquilo que sabemos que a tarefa não é das mais simples.

O ambiente escolar envolve muitos perfis profissionais, formações acadêmicas distintas e habilidades das mais variadas. Perante um grupo tão diverso assim, encontrar o equilíbrio é um desafio e tanto, não é mesmo?

E para que a rotina da escola funcione perfeitamente, ainda é fundamental que todas essas pessoas estejam engajadas, motivadas e conectadas com os valores e propósitos da instituição

A parte boa dessa história é que, conhecendo sua equipe, compreendendo as potências de cada um, sem dúvida alguma é possível desenvolver um processo de gestão de pessoas adequado para sua escola.

É importante incluir soluções que proporcionem um maior desempenho da equipe, como a formação de professores; ferramentas para compartilhar performance e resultados; e manter um diálogo constante sobre competências e responsabilidades.

É por isso que a gestão de pessoas na escola tem um papel estratégico. Ela utiliza ferramentas que visam o crescimento e evolução dos educadores.

Motivados, esses profissionais levam entusiasmo para dentro das salas de aula, transformando o processo de ensino e aprendizado em uma vivência prazerosa e enriquecedora aos alunos. E isso é tudo que sua escola precisa para se destacar cada vez mais!

Sabia que algumas ações contribuem para uma gestão educacional positiva? Acesse aqui para saber quais são.

Gestão de pessoas precisa de tempo e dedicação

Não há dúvidas sobre a importância da gestão de pessoas na escola, certo? Porém, para conseguir desempenhar esse processo de maneira eficaz, é preciso que os diretores tenham tempo para poder se dedicar nessas ações.

Mas a gente sabe que todos os processos burocráticos de uma instituição de ensino ocupam uma boa parte do dia dos diretores escolares, não é mesmo?

Uma maneira segura e eficaz para ter mais disponibilidade para focar na gestão escolar e gestão dos funcionários é contar com o isaac, a maior plataforma de serviços financeiros feita para escolas.

Com a contratação da plataforma, a instituição de ensino tem a receita mensal garantida, sem atraso e sem burocracia.

Isso significa que o gestor escolar não precisa mais se preocupar com a inadimplência, porque todo mês o diretor receberá os valores das mensalidades.

Sem dores de cabeça no fim do mês, fica mais fácil administrar a rotina escolar e dedicar o tempo necessário para a gestão de pessoas. Acesse nosso site e conheça todos os benefícios do isaac para sua escola.

Gestão de pessoas na Bett Brasil

A importância de ter o olhar atento aos profissionais da educação, que devem ser cada vez mais valorizados e reconhecidos dentro das instituições de ensino, ganhou os palcos até mesmo da Bett Brasil, evento realizado durante o último mês de março no pavilhão do Transamérica Expo, em São Paulo (SP).

Artur Tacla, sócio da SK Tarpon, um hub de empreendedorismo para articular Talento e Capital a serviço de projetos de transformação social, e Neilce Holanda, gerente de recursos humanos na Rede Educacional Damas, ministraram a palestra “Gestão de Pessoas na Escola”.

Um momento bastante enriquecedor da conversa surgiu a partir de um questionamento da plateia: se manter a motivação e engajamento da equipe é um dos pilares da gestão de pessoas, o que fazer ao notar a desmotivação dos professores?

Foi, então, que Tacla afirmou que não entende como um problema ter na equipe uma pessoa desmotivada, desengajada, indignada e até mesmo desacreditada

“Talvez o desengajamento não seja um problema. Talvez seja a partir daí que a gente possa ajudar, com uma reflexão crítica, a pessoa a encontrar onde está a força e a inquietação dela”, pondera.

Para o profissional, a desmotivação de um docente pode ser uma potência para impulsionar a própria escola. Por isso, ele afirma que é necessário deixar o julgamento de lado, acolher esse colaborador e entender o que pode estar acontecendo. 

“A primeira coisa super importante é sair do julgamento que a pessoa desmotivada, triste e deprimida está errada. E se o sintoma estiver certo? O que tem de potência aí?”, questiona.

Leia mais sobre a importância do acolhimento aos professores

Curso gratuito sobre gestão

Quer se aprofundar mais sobre esse assunto, aprendendo a desenvolver as competências dos seus colaboradores?

O Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas possui um curso on-line e gratuito que, entre outros pontos, aborda a “Formação de Equipes como Estratégia de Sucesso”. Clique aqui e saiba mais.

Mensalidades em dia, o ano todo, sem dor de cabeça
Quero o isaac na minha escola
Luiza

Receba nossa newsletter

Obrigado! Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Ops! Algum erro ocorreu ao cadastrar o seu e-mail.