Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência.
Para saber mais, consulte a nossa Política de cookies.

Fechar

Está curtindo o conteúdo?

O Boletim isaac entrega semanalmente, na sua caixa de entrada, mais materiais como esse.
Inscreva-se aquiNão quero me inscrever.
Gestão

O que é gestão participativa e como colocar em prática na sua escola

Entenda como esse método de gestão aumenta o engajamento da comunidade escolar, aproximando gestores, professores e famílias.

Publicado em
08 min
💡 Dica: se a palavra estiver azul, ela é clicável e te leva ao link com mais detalhes!

Você já ouviu falar em gestão participativa? Esse é um modelo de gestão inovador que busca envolver todos os membros da comunidade escolar. A ideia é questionar a estrutura hierárquica tradicional e propor uma gestão escolar que valorize a colaboração e o envolvimento de todos, promovendo, assim, um ambiente de aprendizado mais inclusivo. 

Em um contexto educacional cada vez mais dinâmico e desafiador, esse modelo de gestão escolar participativa pode ser o caminho para o sucesso de muitas escolas. Ficou curioso para saber como esse método funciona na prática? Então continue a leitura!

Preparamos este artigo com tudo o que você precisa saber sobre gestão participativa nas escolas. Confira! 

O que é gestão participativa nas escolas?

Quando falamos sobre gestão participativa nas escolas, trata-se de um modelo de liderança que busca sempre envolver ativamente todos os membros da comunidade escolar, ou seja, professores, funcionários e famílias fazem parte do processo de tomada de decisão e contribuem para os rumos da instituição de ensino. 

Ao invés de uma abordagem tradicional e centralizada, esse modelo de gestão escolar promove a descentralização do poder. Um grande diferencial é que a gestão participativa valoriza as diferentes perspectivas e habilidades presentes na comunidade escolar.

7 benefícios da gestão escolar participativa

A gestão escolar participativa oferece uma série de benefícios a todos os envolvidos no dia a dia da instituição de ensino. Confira os principais:

1. Engajamento 

O engajamento e a motivação aumentam significativamente quando a comunidade escolar tem voz ativa nas decisões do ambiente escolar. Isso porque a gestão participativa proporciona um ambiente onde as pessoas se sentem valorizadas e incentivadas a participar ativamente das atividades.

2. Desenvolvimento profissional

Em um ambiente onde as diferentes perspectivas e vivências são valorizadas, há mais espaço para iniciativas que contribuem para o desenvolvimento profissional de professores e outros funcionários da escola. A consequência disso são profissionais mais preparados, o que impacta diretamente na qualidade do ensino. 

3. Melhoria da comunicação

Uma coisa é certa, em uma escola onde todos são incentivados a participar ativamente das decisões, a comunicação é assertiva e transparente. Na prática, isso significa feedbacks construtivos, relações fortalecidas e um ambiente escolar mais saudável. 

4. Parceria com as famílias 

Muitas escolas têm dificuldade em se aproximar das famílias. A gestão escolar participativa é um caminho para isso, já que traz os responsáveis para perto da instituição, fortalecendo essa parceria que promove o sucesso acadêmico e o desenvolvimento social e emocional dos estudantes. 

5. Ambiente escolar acolhedor

Esse modelo de gestão promove um ambiente escolar mais acolhedor, democrático e inclusivo. Em uma escola como essa, todos os envolvidos no dia a dia da instituição se sentem mais valorizados e respeitados. 

6. Decisão mais assertivas

Quando uma liderança considera diferentes perspectivas e experiências, as tomadas de decisões acabam sendo mais assertivas. Podemos dizer que a gestão participativa diminui a chance de erros e potencializa os resultados, já que diferentes pontos de vista estão sendo levados em consideração. 

7. Inovação na escola

Outro ponto interessante é que a gestão escolar participativa promove uma cultura de experimentação, criatividade e pensamento fora da caixa. O resultado disso é mais inovação para a escola, seja na hora de resolver um problema ou para colocar em prática um novo projeto. 

Gestão participativa na prática: quem faz o quê?

É provável que você esteja se perguntando como a gestão participativa funciona na prática. Afinal, qual a função dos gestores, pais e professores em uma escola onde todos têm voz ativa? No dia a dia, cada um tem seu papel e algumas iniciativas direcionam melhor o envolvimento de cada grupo. 

Gestores

Os gestores ficam na liderança, promovendo a participação ativa de todos na escola. É papel deles criar espaços colaborativos para o compartilhamento de ideias, visões e opiniões sobre o dia a dia da instituição. 

Professores

Por fazerem parte diretamente do processo de ensino e aprendizagem, os professores são figuras essenciais na gestão participativa. Eles participam das decisões pedagógicas, compartilham suas experiências e trocam vivências com outros professores para aprimorar as práticas da escola.

Funcionários

Eles também são figuras chave no dia a dia da escola. Sua participação deve ser incentivada e valorizada, uma vez que podem contribuir ativamente para a melhoria dos processos e do ambiente escolar. 

Famílias

As famílias são grandes parceiras da escola. Em espaços e iniciativas dedicadas para elas, podem compartilhar suas visões e contribuir para melhorar ainda mais o ambiente escolar.

4 ideias para uma gestão participativa na sua escola

1. Conselhos participativos

Os conselhos escolares são uma ótima iniciativa para a gestão participativa. Eles podem contar com a representação de funcionários e familiares, onde serão discutidas questões relativas ao ambiente educacional para a tomada de decisão em conjunto. 

2. Comitês pedagógicos

Um caminho interessante é criar um comitê de professores voltado para a área pedagógica da escola, onde serão desenvolvidas estratégias de ensino e avaliações do impacto das práticas pedagógicas. Essa é uma forma de envolver ativamente e valorizar as experiências dos professores. 

3. Feedback contínuo

Se você deseja implementar uma gestão escolar participativa, é importante promover uma cultura do feedback contínuo, com espaços e canais onde alunos, funcionários e famílias sintam-se confortáveis para compartilhar opiniões e sugestões para a melhoria da instituição. 

4. Grupos de estudo

Além dos comitês pedagógicos, sua escola pode promover grupos de estudos para os professores trocarem experiências pedagógicas, promovendo, assim, um ambiente colaborativo para o desenvolvimento profissional, o que terá impactos positivos na qualidade da sua escola. 

Saiba mais sobre o isaac 

O isaac educação é a maior plataforma de solução financeira escolar do Brasil e pode te ajudar na missão de implementar práticas para uma gestão participativa na sua escola. 

O software escolar contribui para simplificar as questões financeiras da sua instituição. Da cobrança das mensalidades até a negociação de dívidas com as famílias, o isaac é seu parceiro! 

Com esse facilitador na rotina da escola, fica mais fácil para os gestores se dedicarem a um planejamento escolar que leva em conta as diferentes vozes da escola. Enquanto o isaac cuida da burocracia, você se dedica a uma gestão verdadeiramente participativa!

Gostou da ideia? Conheça as soluções do isaac e saiba como podemos contribuir para o crescimento da sua escola!

O que você achou desse conteúdo?
Mensalidades em dia, o ano todo, sem dor de cabeça
Quero o isaac na minha escola
Gostou do conteúdo? Compartilhe: