Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência.
Para saber mais, consulte a nossa Política de cookies.

Fechar

Está curtindo o conteúdo?

O Boletim isaac entrega semanalmente, na sua caixa de entrada, mais materiais como esse.
Inscreva-se aquiNão quero me inscrever.
Pedagógico

Como integrar novos alunos na volta às aulas

Saber como recepcioná-los é fundamental para garantir que suas adaptações serão agradáveis e que todos terão um excelente ano letivo na nova instituição. Então, que tal descobrir como fazer isso da melhor forma?

Publicado em
26/1/2024
05min
💡 Dica: se a palavra estiver azul, ela é clicável e te leva ao link com mais detalhes!

O início de um novo ano letivo proporciona a oportunidade de integrar novos alunos de maneira acolhedora e inclusiva. Para discutir estratégias eficazes nesse processo, conversamos com Laura Meloni Nassar, coordenadora pedagógica do ensino médio do Colégio Oswald de Andrade, na zona oeste de São Paulo. 

Laura compartilhou dicas valiosas sobre como as escolas podem criar um ambiente receptivo desde o primeiro dia, promovendo a integração de novos membros à comunidade escolar.

Ambiente coletivo antes mesmo da chegada dos novos estudantes

Antes mesmo da chegada dos novos alunos, Laura enfatiza a importância de a escola cultivar um ambiente verdadeiramente inclusivo. De acordo com ela, a coletividade deve ser o foco, proporcionando às pessoas a sensação de serem respeitadas como indivíduos, enquanto compreendem a importância do crescimento coletivo. 

A coordenadora destaca que as relações presenciais desempenham um papel fundamental nesse processo, ocorrendo em diferentes contextos, como sala de aula, intervalos e eventos escolares.

“Penso que a escola tem que trabalhar, tem que ter como conteúdo essa preocupação constante com a vida na coletividade. As regras, os debates, as conversas dos alunos. Todos devem conhecer os raciocínios que estão por trás das decisões da escola e que fique muito claro o que cabe aos adultos, o que cabe aos jovens e às crianças”, enfatiza.

No âmbito acadêmico, Laura sugere que as escolas considerem o perfil de cada grupo ao planejar o currículo escolar. Identificar desafios específicos e compreender as características de cada turma possibilita a criação de uma abordagem pedagógica que atenda às necessidades do grupo de forma personalizada.

Neste e-book - Panorama isaac + escolas exponenciais: Tendências Educacionais de 2024: Indicadores e perspectivas para a Educação - feito

pelo isaac em parceria com o Escolas Exponenciais, você pode encontrar informações valiosas para montar um plano pedagógico que atenda às necessidades dos alunos de maneira personalizada e muito mais! 

Como recepcionar os novos alunos

Para integrar efetivamente os novos alunos, Laura destaca a importância de um processo de recepção bem-planejado e transparente. Segundo a coordenadora pedagógica, a escola deve garantir que as famílias tenham uma compreensão clara das expectativas e valores da instituição. 

Um processo de conhecimento prévio da escola, com visitas planejadas, é essencial para as famílias entenderem se a escola atende às suas expectativas e valores.

“O ideal é que a família, quando pisei pela primeira vez na escola, seja recepcionada por profissionais que consigam de fato falar que escola é aquela. E os pais, por sua vez, precisam ter clareza das expectativas e abertura para entender que escola estão visitando e não fantasiar a escola, chegar com expectativas e achar que pode impor uma expectativa à instituição”.

Portanto, afirma Laura, é necessário encontrar uma escola que dialogue com os valores da família. No entanto, para isso, as famílias também precisam se questionar quais são seus valores e o que esperam da escolaridade.

Talvez você se interesse também pelo artigo: Como fortalecer os laços entre sua escola e as famílias

Sugestões de dinâmicas de integração

A coordenadora sugere dinâmicas que vão além do tradicional primeiro dia de aula. Encontros prévios, interação com alunos veteranos atuando como tutores e a possibilidade de ingresso um dia após o início das aulas são estratégias que visam reduzir a ansiedade e criar um ambiente pedagógico que humaniza o processo de transição.

“É possível ter dinâmica de aluno novo antes do dia do ingresso para serem recebidos e conheçam os profissionais de referência. Também é possível conhecer alunos que já são da escola e serão uma espécie de alunos tutores no começo do ano”, sugere.

Laura diz também que outra possibilidade é pedir para os alunos novos ingressarem um dia depois do início das aulas. “Neste caso, sugiro as escolas trabalharem os grupos que vão receber esses alunos, fazer uma recepção, contar quem são, relembrar os alunos antigos e definir com a turma o que pode ser feito nesta chegada. Quem estará no portão, por exemplo, do lado do professor, aguardando esse aluno novo”, explica. 

De acordo com ela, são exemplos de atividades bem pedagógicas que estão muito no horizonte da linha escolar que fazem totalmente a diferença porque amparam, acolhem e humanizam esse processo.

“Medo todo mundo tem, o desconhecido às vezes aterroriza, mas como é importante também passar por esses medos, ver que a gente encontra pessoas, que elas olham nos nossos olhos. Então, é criar esse ambiente, tornar tudo orgânico no cotidiano”, conclui.

#FICAADICA: Soluções financeiras

Já conhece o isaac? Se ainda não, clique em: Conheça as soluções do isaac  e descubra como a maior plataforma de soluções financeiras feita para escolas pode ajudar sua unidade de ensino a se destacar em 2024 e recepcionar os alunos da melhor maneira possível!

O que você achou desse conteúdo?
Mensalidades em dia, o ano todo, sem dor de cabeça
Quero o isaac na minha escola
Gostou do conteúdo? Compartilhe:
Você foi cadastrado com sucesso!
Preencha o formulário corretamente.